Crie um relacionamento quente, saudável e superior.

Crie um relacionamento quente, saudável e superior.

Quando dois indivíduos inteiros e saudáveis ​​se encontram para brincar, eles trazem consigo toda a riqueza de quem são plenamente. Eles continuam trabalhando para lançar suas próprias “coisas” e, portanto, há menos bagagem, posicionamento e jogo. Ambos aprenderam a ser honestos consigo mesmos e, portanto, podem ser honestos um com o outro. Cada um deles gosta, aprecia e até se ama primeiro, e agora pode fazer o mesmo com os outros. Em outras palavras, cada um deles tem uma Bolha do Eu forte e completa que é preenchida com todos os aspectos maravilhosos de quem eles são e do que gostam, então, quando eles se juntam, não perdem nenhum aspecto de sua bolha, nem tomam do outro.

Quando duas bolhas inteiras do Eu se encontram, uma terceira bolha é criada, onde eles compartilham suas semelhanças sem desistir ou perder quem são. Esta nova bolha é o novo mundo que eles têm o potencial de criar juntos. É aqui que eles reúnem seus dons e habilidades para co-criar. Cada indivíduo contribui e recebem da Nossa Bolha. O que eles criam juntos, seja um jardim, um negócio ou um bebê, é extremamente bem-sucedido e divertido. A Nossa Bolha compartilhada pode ser de qualquer tamanho, e o tamanho flutua conforme o relacionamento se desenvolve, cresce e muda. Este é o lugar onde eles podem brincar livremente juntos. É aqui que a dinâmica de 1 + 1 = 3 é mais bem demonstrada. Eles podem criar mais juntos do que separadamente. Dentro da sua bolha Nós, você pode ter muitas outras bolhas. Por exemplo, em nossa Nossa Bolha, temos uma Bolha Negócio.

À medida que você vive mais plenamente nas dimensões superiores e desenvolve sua Bolha do Eu, mais relacionamentos serão com pessoas que também entendem a dinâmica de relacionamento a partir desse conceito de Bolha. Os relacionamentos que não combinam com você simplesmente desaparecerão. Conforme você percorre seu caminho, muitos velhos amigos e familiares desaparecerão de sua vida. Você tem a opção de ver isso como um momento triste ou como uma validação de que o trabalho pessoal que tem feito está funcionando. Sua Nossa Bolha é mais forte e mais completo. Aqueles que você atrai agora serão companheiros de um novo calibre dimensional.

Eu me amo quando estou com você

Quando esses dois indivíduos inteiros e equilibrados entram em um relacionamento íntimo, muito disso é diferente dos relacionamentos vividos na terceira dimensão densa e rígida. Eles entram nele com ferramentas de energia bem praticadas, além de um compromisso pessoal mais equilibrado com seu próprio crescimento e seu serviço à humanidade. Ambos continuam a crescer e a desenvolver uma bolha pessoal completa e bem-sucedida, ao mesmo tempo que permitem e respeitam a experiência dos outros.

Sentimentos de amor tridimensionais estão, muitas vezes, ligados à necessidade do indivíduo por algo externo. “Eu o amo porque ele leva o lixo para fora. Eles cuidam das crianças. Ela ganha dinheiro para vivermos. Ela é inteligente. Eles dizem que me amam. ” O relacionamento é descrito em termos externos. Há confusão sobre onde esses sentimentos de amor se originam e onde são sentidos. Na 3D, conectamos esses sentimentos a uma fonte externa – um amante, um filho, etc. Muitas vezes, essa conexão mal colocada é a fonte de confusão e da sensação de não estar bem no relacionamento. O potencial do Amor, entretanto, é muito maior e, uma vez que entendamos isso, uma experiência muito diferente se torna disponível.

O amor, como um sentimento, é experimentado dentro de você. Não é uma necessidade a ser satisfeita. Não é porque ele leva o lixo para fora, ou porque ela ganha a renda. O amor é um sentimento pessoal interno que é experimentado dentro de você. Não é algo que você pode dar ou receber de outra pessoa. Não é possível dar Amor. O relacionamento é o jogo mais desafiador que existe. “Eu te amo” tem muitos aspectos culturalmente programados, muitos dos quais levam à confusão, desconforto e mal-entendidos.

E se reconhecermos que eu te amo pela expressão externa é mais precisamente interna: “Eu me amo quando estou com você”? Como nossos relacionamentos seriam diferentes? Estou me divertindo na sua presença, ou quando penso em você. O amor, como sentimento, é um assunto interno. Isso muda totalmente o foco. Esta nova perspectiva permite que o Amor seja experimentado de muitas maneiras amplas e pessoais.

Quando seu parceiro sorri e você diz “eu te amo”, você não está expressando o que está acontecendo fora de você. Em vez disso, você está expressando o aspecto do Amor chamado Apreciação, e ele está dentro de você. Eu me sinto bem por dentro (eu me amo) quando você sorri. Como é tão bom por dentro, quero fazer tudo o que puder para fazer você sorrir com mais frequência. O sentimento de amor e todas as suas permutações são sobre você. É uma experiência interna e pessoal dentro de você. Quando isso é entendido e escolhido como um modo de vida por ambas as partes, a vida em conjunto assume dimensões muito diferentes.

Durante as férias de verão em Nova York, a mulher disse: “Esse colar é tão lindo”. Ele sorri e volta à loja para comprá-lo como presente de feriado de dezembro. Ele então experimenta o prazer e a empolgação dentro de si com sua surpresa pelos próximos seis meses!

“Eu realmente gostaria de esquiar em Aspen algum dia”, diz o homem, folheando uma revista. Ela secretamente organiza uma viagem de esqui de uma semana para ele e seu melhor amigo no inverno seguinte. Ela está satisfeita e apaixonada por si mesma enquanto sua surpresa continua a crescer e se revelar por muitos meses. Eu me amo quando estou com você.

A partir dessa plataforma, começa uma nova e ampliada consciência. Porque o amor é um sentimento interno e pessoal, eu me amo quando caminho na floresta. Eu me amo quando vejo o pôr do sol. Eu me amo quando ouço os outros rirem. Eu me amo quando o gato no meu colo está ronronando. Amo-me quando vejo os tomates brotando no meu jardim. Você começa a se tornar mais consciente de que está se relacionando COM todas as coisas ao seu redor – o gato, os tomates, o pôr do sol e as árvores. Isso abre uma nova consciência de que o Amor, como sua própria experiência interna, permite que outros sentimentos, como Apreciação, Gratidão, Respeito, Facilidade e Presença, também sejam experimentados como Amor. Eu me amo abre possibilidades ilimitadas das formas mais maravilhosas e inesperadas.

Este amor de dimensão superior é o resultado natural de criar e viver sua vida usando as sete palavras vivas. Quando você se sente Certo, Feliz e Gracioso, por exemplo, também tem um sorriso interior e gosta de si mesmo, independentemente do que o mundo ao seu redor esteja experimentando. Você está satisfeito consigo mesmo e pode permitir que os outros estejam em seu estado de bem-estar (ou não-bem-estar) escolhido e não julgá-los ou querer se intrometer em sua experiência. Você está, no entanto, muito disponível para eles se pedirem.

Como você é capaz de permanecer mais continuamente na energia da auto-apreciação, automaticamente atrai outras pessoas com a mesma vibração. Quando seu novo amigo sorri e demonstra seu entusiasmo, você também sorri e sente o amor em sua vida. Quando você está curtindo a risada de seu parceiro, não há nada que você faça para interferir na felicidade e na diversão dele. A alegria deles permite que você se ame muito mais. Na verdade, você gosta de descobrir novas maneiras de agradá-los porque, quando eles estão felizes, você fica feliz e porque eu me amo quando estou com você.

Este é um trecho do livro do Kindle,  O que você quer dizer com a destruição da terceira dimensão?  

Fonte: https://messagescelestes.ca  Tradução: Annah Ananda.
Canalizado por  Jim Self e Roxane Burnett. Em 09 de fevereiro de 2021.

1. Compartilhe com ética, postando o texto na íntegra e mantendo todos os créditos do Projeto Ascensão Planetária: http://ascensaoplanetaria.com.br
2. Youtube = Ascensão Planetária
3. Instagram = @ascensaoplanetaria
4. Telegram = Grupo de Estudos
5. Facebook = Grupo no Facebook

Tags: | |

Sobre o Autor

Annah Ananda
Annah Ananda

"É melhor conquistar a si mesmo do que vencer mil batalhas". BUDA

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *