O SEU TRAUMA NÃO RESOLVIDO X O TRAUMA NÃO RESOLVIDO DO OUTRO – O CONSELHO ARCTURIANO DA 9ªD

O SEU TRAUMA NÃO RESOLVIDO X O TRAUMA NÃO RESOLVIDO DO OUTRO – O CONSELHO ARCTURIANO DA 9ªD

Por Daniel Scranton

Tradução: Leti Alba Luna

Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Nós o apoiamos muito, independentemente do que você faça, pense, diga ou acredite ser verdade a respeito de sua realidade, pois sabemos que seu EU INTERIOR sempre o conduzirá para a verdade maior: DE QUE TUDO É AMOR.

Você possui a habilidade de seguir seu coração e também a oportunidade, se quiser chamar assim, de ser guiado a partir de seus traumas. Traumas mal resolvidos provocam emoções não totalmente processadas, e tais emoções levam a palavras, pensamentos, ações e crenças que o distanciam, cada vez mais, da luz e da verdade de que tudo é amor.

Atualmente, muito mais pessoas estão sendo chamadas, acionadas, isto por causa da grande intensidade dos tempos por quê passa o planeta. E quando esses indivíduos são acionados, seus traumas não resolvidos são o fator que informa o tipo de sua vibração.

Suas vibrações atraem pensamentos, crenças e até ideologias que os levam cada vez mais para longe da verdade de que tudo é amor. É possível perceber este fenômeno em muitas pessoas – naquilo que elas postam em suas redes sociais, no que estão dizendo a você no privado e no que estão criando em suas próprias vidas.

Quando alguém se inclina na direção de um sistema de crenças baseado em mentiras esta pessoa é levada inevitavelmente ao caos e é necessário, nestes casos, o auto exame. No entanto, se você for envolvido por outra pessoa que está agindo e falando abertamente sobre seus traumas não resolvidos, então você também tem um trauma não resolvido.

Em resumo: não importa o porquê de você sentir o que sente. O que realmente importa é que você sinta o que sente, viva seus sentimentos. Aceite isto.

Não entre em discussões que, em última análise, acabam sendo discussões entre o seu trauma não resolvido e o trauma não resolvido da outra pessoa. Aproveite a ocasião para examinar o que está realmente acontecendo dentro de você, o que está lá em seu âmago borbulhando, porque aí sim será uma experiência de crescimento.

DISCUTIR COM PESSOAS QUE DISCORDAM DE VOCÊ NÃO É UMA EXPERIÊNCIA DE CRESCIMENTO.

Tome consciência das emoções que estão presas em algum de seus chakras, “sente-se” com essa emoção, sinta-a e limpe-a para que seja uma real experiência de crescimento.

Por favor, não deixe que seus traumas mal resolvidos criem sua realidade, e isto inclui, é claro, suas crenças sobre a realidade.

Se você conseguir dedicar uma pequena parcela do tempo que despende para si próprio para fazer este trabalho tão importante de crescimento, então não encontrará mais tantas pessoas desejando te mostrar os próprios traumas não resolvidos.

Assim é que funciona a criação de sua realidade. A realidade que você está criando para si vai te mostrar o que é preciso fazer para transcendê-la. A realidade que você está criando, ainda que não seja a que você gostaria de viver, é a realidade necessária, é aquela que você precisava criar para chegar à realidade dos seus sonhos; àquela que você realmente deseja vivenciar. É assim que funciona.

Então, em vez de discutir com outra pessoa ou apontar a polarização exacerbada da humanidade, pergunte a si mesmo simplesmente: ‘O que eu estou sentindo? Onde eu estou sentindo isto que me aflige?’

Esta é a única maneira de superar algo que está impedindo você de ser quem você realmente é: E VOCÊ É AMOR.

Nós somos o Conselho Arcturiano, e foi um prazer nos conectar com você.

Fonte: danielscranton.com

Compartilhe com ética, postando o texto na íntegra e mantendo todos os créditos do Projeto Ascensão Planetária:  http://ascensaoplanetaria.com.br / Youtube = Ascensão Planetária / Instagram = @ascensaoplanetaria / Telegram = Grupo de Estudos / Facebook = Grupo no Facebook

Tags: | | | |

Sobre o Autor

Leti Alba Luna
Leti Alba Luna

Tudo está sempre certo no universo. Em absolutamente tudo há o propósito divino. Entregue-Se!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *