SÉRIE NOSSA ASCENSÃO MÚTUA – PARTE 7.

SÉRIE NOSSA ASCENSÃO MÚTUA – PARTE 7.

De Sananda, Yeshua; canalizado por Marta, tradução de Annah Ananda.

TEXTO 25.

NOSSA ASCENSÃO MÚTUA (RETORNE AS SUAS FONTES).

Saudações, minhas queridas almas amadas!

Hoje, gostaria de retornar ao que disse em minhas mensagens recentes – que sua conexão com o mundo sutil já está bloqueada em seu embrião.

E agora vou te dar uma prática que te ajudará a neutralizar um programa alienígena implantado em você.

Mas, primeiro, explicarei o mecanismo desse bloqueio, para que você possa perceber mais claramente com o que está trabalhando.

Imagine um embrião no ventre da mãe, que está conectado por um fio invisível com a Alma da Mãe, que fica em outras dimensões até a oitava dimensão, dependendo da idade da alma.

E durante um período de desenvolvimento embrionário, essa conexão fica cada vez mais tênue e, na hora do nascimento, esse fio se quebra.

E agora vamos voltar à meditação.

Vamos chamá-lo de “Retorno às fontes”.

Você precisa conduzi-lo em um estado muito silencioso e harmonioso, invocando todos os Poderes Superiores do Universo e criando uma proteção de energia confiável.

Assim, entre em estado meditativo, relaxe completamente e respire profundamente.

E então comece gradual e lentamente a retroceder sua vida – não apenas antes de seu nascimento, mas antes de sua concepção.

E se for difícil fazer sozinho, peça ajuda ao seu Eu Superior.

E então observe como as imagens mudariam. Toda a sua vida passaria diante dos seus olhos, para algumas pessoas seria gradual e rítmica.

Todos vocês se verão em diferentes idades, até chegar ao momento de seu nascimento.

E então, você precisa entrar no útero de sua mãe mentalmente, e se sentir como um feto adulto, pronto para sair para o mundo, e então voltar no tempo até chegar ao momento de sua concepção – o nascimento de sua alma.

Naquele momento, você não está apenas no ventre de sua mãe, mas no ventre de sua Alma Materna, porque ainda está conectado a ela por um fio de energia sutil.

E agora alcançamos o ponto culminante de nossa meditação.

Invoque o Criador, Arcanjo Miguel, todos os Poderes Superiores do Universo e peça-lhes que coloquem a proteção de energia mais forte para esta Alma recém-concebida para protegê-la de qualquer invasão alienígena e para manter uma conexão com a Alma Mãe.

E assim que sentir que aconteceu, comece a retroceder todo o “filme” da sua vida, passando por todas as etapas do seu crescimento até hoje.

Se você fizer tudo corretamente, seu sexto chacra se abrirá gradualmente mais e mais, até que a conexão com sua Alma-Mãe seja restaurada.

No plano físico, pode ser expresso como intuição aprofundada, iluminação repentina ou a nova perspectiva inesperada da vida.

O canal de comunicação com o plano sutil pode se abrir, habilidades telepáticas podem se desenvolver e muito mais.

Você pode repetir esta meditação se achar necessário.

Eu os abençôo, queridos, pelo retorno às suas fontes.

Yeshua, que te ama de todo o coração, falou com você.

Canalizado por Marta em 28 de fevereiro de 2018.

TEXTO 26.

NOSSA ASCENSÃO MÚTUA (AUTOEXPRESSÃO)

Saudações, minhas queridas almas amadas!

Hoje estamos nos movendo para o estudo do próximo chakra – quinto chakra ou chakra da garganta.

Este chakra carrega uma enorme carga de energia, pois é responsável por tudo que uma pessoa “derrama” no mundo ao seu redor.

Como o chacra cardíaco, ele atua como um “pára-raios”, tentando neutralizar ou pelo menos suavizar as energias negativas, que explodem da pessoa nos momentos de raiva, desespero ou ressentimento.

No plano físico, parece que “as palavras estão presas na garganta” ou “um nó na garganta”, como você gosta de dizer.

E agora vamos acompanhar os componentes de energia pelos quais o quinto chakra é responsável.

Como você entende, sua expressão não se limita ao verbal. Uma pessoa pode expressar seus sentimentos no papel, na música, nas pinturas e em qualquer outra coisa. Todo tipo de criatividade é autoexpressão.

Um pensamento, ideia, imagem, impulso emocional emergente é preenchido com a energia e gradualmente é coberto de detalhes, então começa a encarnar na vida.

E essas criações carregam consigo aquela energia que preencheu a pessoa que as criou. Por exemplo, algumas pinturas o atraem e você quer ficar na frente delas para sempre, mas outras causam repulsa e você deseja fugir delas o mais longe possível.

E é relevante para qualquer tipo de arte.

Uma pessoa que tem um sentimento sutil para as energias pode descrever com bastante precisão o caráter de uma pessoa que criou uma ou outra obra de arte, e também seu estado psíquico no momento em que a criou.

A leitura das informações de energia acontece de forma subconsciente e intuitiva, e nenhuma quantidade de palavras sofisticadas, grande técnica e profissionalismo poderiam substituir as energias calorosas, gentis e amorosas, que às vezes emanam de uma pintura simples, uma história sem sofisticação ou uma canção, que foi cantada com uma voz fraca, mas do coração.

E isso acontece nos casos em que uma pessoa tem um chacra laríngeo bem desenvolvido – esse dom Divino da auto-expressão.

Mas o que acontece com ele no espaço tridimensional, onde muitas vezes se torna um veículo de raiva e agressão, o que é inevitável no mundo da dualidade?

Em pessoas com vibrações muito baixas, que vivem principalmente em energias negativas, este chakra se transforma em uma massa densa e dura, que é incapaz de transmitir por si mesmo as energias Divinas de vibração mais elevada rarefeita.

E, como resultado, a autoexpressão de tais pessoas é limitada a expressões verbais primitivas e interesses quase animais.

Desta forma, seu quinto chakra se protege das energias hostis.

É semelhante a um caracol que se esconde em sua concha para proteger seu corpo delicado de feridas.

Mas uma pessoa, que está no fluxo das energias Divinas, este chacra, pelo contrário, cresce até um tamanho inacreditável, que aceita com gratidão as energias abençoadas.

Em resposta, o chakra apresenta a tal pessoa uma inspiração infinita, com o vôo da fantasia, com imagens mágicas, palavras necessárias …

Torna-se o ajudante número um em todo o seu trabalho e empreendimentos.

Eles coexistem harmoniosamente no amor e na compreensão mútua.

O amor gera amor, e seus órgãos sensoriais sutis reagem de maneira especialmente sensível a todas as suas emoções, vindas do coração.

Vamos parar aqui hoje.

 Yeshua, que te ama de todo o coração, falou com você.

Canalizado por Marta em 6 de fevereiro de 2018.

TEXTO 27.

NOSSA ASCENSÃO MÚTUA (SEXTO CHAKRA).

Saudações, minhas queridas almas amadas!

Hoje vamos continuar nossa conversa sobre o seu sexto chakra.

Vou falar sobre seu papel na vida humana agora – no período de sua mudança para a dimensão superior, e como é possível reanimar suas funções originais.

Mas antes de tudo, quero avisar que não é possível para todas as pessoas, mas apenas para aquelas que puderam elevar sua consciência, o que também significa vibrações, ao nível de pelo menos a quarta dimensão. E já existem muitas pessoas assim na Terra.

Quanto mais você subir na escada que o leva à quinta dimensão, mais claramente sentirá seu sexto chakra.

Você sentiria que diminui, pulsa ou aumenta.

Você pode sentir sensações como alfinetes e agulhas, vibrações leves, frio ou calor na área do terceiro olho.

Essas seriam suas manifestações físicas. Mas muito mais importante, que comece a acordar após o sono profundo e restaure suas habilidades perdidas, a habilidade principal é a comunicação com o plano sutil.

Quais seriam as manifestações do seu terceiro olho?

Em primeiro lugar, vocês começariam a se sentir sutilmente, o que significa comunicação no plano sutil.

O aspecto mais crucial da sua comunicação não seriam as palavras, que vocês estão acostumados a trocar uns com os outros, mas as energias, que carregam suas emoções, pensamentos e ações.

Você iria lê-los uns dos outros, sem pronunciar nenhuma palavra, e seria o primeiro passo para a comunicação telepática, que todas as pessoas no início da civilização humana uma vez possuíram.

Claro, não viria em um dia. Você precisa desenvolver essas habilidades da mesma forma que desenvolve seu corpo para mantê-lo magro, flexível e bonito.

Mas agora seus relacionamentos devem se tornar igualmente flexíveis e bonitos.

Você pode começar pequeno.

Todos os dias, enquanto se comunica com qualquer pessoa que encontrar, tente olhar para dentro de sua alma para discernir seu estado emocional, para sentir seus desejos, para prever o modo de pensar dela.

E quando uma pessoa começar a falar ou agir, você perceberá imediatamente com que precisão leu as informações sobre ela.

Os estereótipos são muito poderosos em um mundo tridimensional, e é por isso que as palavras e ações das pessoas são de tipo semelhante.

Você ficará surpreso como as pessoas podem ser previsíveis no mundo da dualidade. Não será difícil penetrar em seus corpos sutis para ler seus pensamentos e emoções.

Mas com as pessoas que estão no mesmo nível que você, você pode encontrar algumas surpresas, porque essas pessoas estão espiritualmente próximas a você e você supõe que elas devem pensar e reagir como você.

E se não está acontecendo, você fica muito surpreso e perplexo.

Mas vocês esquecem, queridos, que quanto mais alto é o nível espiritual de uma pessoa, mais rico e multidimensional é o seu mundo interior, mais ampla é a sua percepção da realidade, que é despojada de clichês e estereótipos.

Portanto, é preciso grande maestria para penetrar na alma dessa pessoa, o que não é possível para todos.

Mas a coisa mais importante de que você precisa agora – é começar a praticar essa comunicação-sentimento um do outro, e gradualmente, passo após passo, você desenvolverá seu terceiro olho – reanimá-lo, devolvê-lo à sua glória passada.

E eu os abençôo por isso, queridos!

 Yeshua, que te ama de todo o coração, falou com você.

Canalizado por Marta em 23 de fevereiro de 2018.

TEXTO 28.

NOSSA ASCENSÃO MÚTUA (A REGIÃO FRONTEIRIÇA)

Saudações, minhas queridas almas amadas!

Hoje gostaria de continuar nossa conversa sobre o seu chacra cardíaco e revelar a vocês mais uma de suas características. E é isso mesmo.

Este chakra é um indicador do nível de vibração de uma pessoa; outras palavras, o nível de sua espiritualidade e ao mesmo tempo “regula” suas correntes de energia.

A escala, que indica o nível de vibração, não tem limite, pois nosso Universo é ilimitado.

Cada alma, depois de atingir o nível mais alto de espiritualidade em um nível de vibrações, move-se para o nível superior e, assim, vai para o infinito …

Agora vou explicar por que é precisamente o quarto chakra, e não outro, que exerce uma função tão importante.

É porque o quarto chakra está colocado no meio e separa os chakras inferiores dos superiores.

Como você sabe, três chakras inferiores – são uma essência “terrena” de uma pessoa, e os mais altos da árvore – os “celestiais”.

Claro, é uma divisão muito geral, porque a alma humana, encarnada na terra, está sujeita a testes tão difíceis que seus chakras superiores podem se fechar completamente, a fim de usar todos os seus poderes para sobreviver na terceira dimensão. Desta forma, o lado material de sua vida “enterra” completamente sob si mesmo seu lado espiritual.

Mesmo assim, a maioria das pessoas consegue manter um certo equilíbrio entre os empreendimentos terrestres e celestiais em suas almas.

Mas um indicador de sua espiritualidade está mudando constantemente – muitos fatores influenciam a vida humana durante a encarnação.

E todas as flutuações dos diferentes estados da alma humana, e todos os seus sentimentos, às vezes muito contraditórios, passam pelo quarto chakra, que assume a maior parte do golpe.

Todas as suas emoções excessivas gradualmente se acumulam no chacra cardíaco, depois descem ao plano denso e seu coração começa a doer, porque é um órgão físico do quarto chacra.

Acontece via de regra com as pessoas de constituição sutil de alma.

A perturbação de seus chakras costuma acontecer, pois tais pessoas não conseguem se livrar das dúvidas constantes, de se sentirem indignas, de culpa, de se preocupar com os entes queridos e muito mais, que carrega em si as energias das vibrações mais baixas, que “derrubam” até pessoas espirituais bem desenvolvidas com chakras superiores bem desenvolvidos.

Nesses momentos, os componentes energéticos dos chakras superior e inferior se misturam, o que leva ao rebaixamento do campo vibracional comum do ser humano.

E o quarto chacra, por meio do qual circula a energia de vibrações muito diferentes, assume toda essa carga.

O quarto chakra tenta equilibrá-los, “sacrificando-se”, o que nem sempre tem sucesso.

E isso é expresso em muitas de suas frases, como “o coração dói”, “você parte meu coração em pedaços”, “meu coração se parte” e outras.

Na realidade, é isso que o seu chakra experimenta, quando está preso entre os dois lados.

Lembrem-se disso, queridos, e protejam seu chacra cardíaco de todos os tipos de energias negativas.

Mantenha a “região da fronteira” em pureza primitiva, não permita que os “intrusos” de ambos os lados cruzem sua “fronteira”.

Deixe o seu chacra cardíaco de forma pacífica, honrosa e segura cumprir sua missão principal – levar Amor e Luz a todos os seres na terra.

E eu te abençoo por isso!

 Yeshua, que te ama de todo o coração, falou com você.

Canalizado por Marta em 4 de fevereiro de 2018.

Fonte: https://en.vozrojdeniesveta.com/all-articles/ Tradução: Annah Ananda. Canalizado por Marta.                  Compartilhe com ética, postando o texto na íntegra e mantendo todos os créditos do Projeto Ascensão Planetária: http://ascensaoplanetaria.com.br
Youtube = Ascensão Planetária
Instagram = @ascensaoplanetaria
Telegram = Grupo de Estudos
Facebook = Grupo no Facebook

***Para melhor compreensão acompanhe as publicações da Série Nossa Mútua Ascensão nos links:

Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 1: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-1/

Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 2: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-2/

Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 3: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-3/

-Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 4: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-4/

-Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 5: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-5/

-Série Nossa Mútua Ascensão – Parte 6: https://ascensaoplanetaria.com.br/serie-nossa-ascensao-mutua-parte-6/

Tags: | | | | | |

Sobre o Autor

Annah Ananda
Annah Ananda

"É melhor conquistar a si mesmo do que vencer mil batalhas". BUDA

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *